LITERATURA

Para atendimento solicitamos enviar valor correspondente ao pedido através de depósito bancário na conta:

Banco Itaú - Ag. 0603 CC 04561-8

Enviar cópia do comprovante de depósito para:

ENAERJ - Neuróticos Anônimos - Escritório Regional do Estado do Rio de Janeiro - Rua Mayrink Veiga, 32 - Sala 404 - Centro

Caixa Postal 21242 - Tel: (21)2233-0220/2233-6053 ou e-mail: enaerj@enaerj.org.br

OS 12 PASSOS SUGERIDOS DE NEURÓTICOS ANÔNIMOS

(Reprodução adaptada com permissão de Alcoholics Anonymous World Services Inc., New York, NY, USA.)

Admitimos que éramos impotentes perante nossas emoções - que tínhamos perdido o domínio sobre nossas vidas.

Viemos a acreditar que um Poder superior a nós mesmos poderia devolver-nos à sanidade.

Decidimos entregar nossa vontade e nossa vida aos cuidados de Deus, na forma em que o concebíamos.

Fizemos minucioso e destemido inventário moral de nós mesmos.

Admitimos perante Deus, perante nós mesmos e perante outro ser humano, a natureza exata de nossas falhas.

Prontificamo-nos inteiramente a deixar que Deus removesse todos esses defeitos de caráter.

Humildemente rogamos a Ele que nos livrasse de nossas imperfeições.

Fizemos uma relação de todas as pessoas que tínhamos prejudicado e nos dispusemos a reparar os danos a elas causados.

Fizemos reparações diretas dos danos causados a tais pessoas, sempre que possível, salvo quando fazê-lo significasse prejudicá-las ou a outrem.

10º Continuamos fazendo o inventário pessoal e, quando estávamos errados, nós o admitíamos prontamente.

11º Procuramos, através da prece e da meditação, melhorar nosso contato consciente com Deus, na forma em que o concebíamos, rogando apenas o conhecimento de Sua vontade em relação a nós e forças para realizar essa vontade.

12º Tendo experimentado um despertar espiritual graças a estes Passos, procuramos transmitir esta mensagem aos neuróticos e praticar estes princípios em todas as nossas atividades.

AS DOZE TRADIÇÕES DE NEURÓTICOS ANÔNIMOS

Nosso bem-estar deve estar em primeiro lugar; a reabilitação individual depende da unidade de N/A.

Somente uma autoridade preside, em última análise, ao nosso propósito comum – um Deus amantíssimo que se manifesta em nossa consciência coletiva. Nossos líderes são apenas servidores de confiança; não tem poderes para governar.

Para ser membro de N/A, o único requisito é o desejo de recuperar-se da doença emocional.

Cada grupo deve ser autônomo, salvo em assuntos que digam respeito a outros grupos ou a N/A em seu conjunto.

Cada grupo é animado de um único propósito primordial – o de transmitir sua mensagem ao neurótico que ainda sofre.

Nenhum grupo de N/A deverá jamais sancionar, financiar, ou emprestar o nome de N/A a qualquer sociedade parecida ou empreendimento alheio à Irmandade, a fim de que problemas de dinheiro, propriedade e prestígio não nos afastem do nosso objetivo primordial.

Todos os grupos de N/A deverão ser absolutamente auto-suficientes, rejeitando quaisquer doações de fora.

Neuróticos Anônimos deverá manter-se sempre não-profissional, embora nossos centros de serviço possam contratar funcionários especializados.

N/A jamais deverá organizar-se como tal; podemos porém, criar juntas ou comitês de serviço diretamente responsáveis perante aqueles a quem prestam serviço.

10º Neuróticos Anônimos não opina sobre questões alheias à Irmandade; portanto o nome de N/A jamais deverá aparecer em controvérsias públicas.

11º Nossas relações com o público baseiam-se na atração em vez da promoção; cabe-nos sempre preservar o anonimato pessoal na imprensa, no rádio e em filmes.

12º O anonimato é o alicerce espiritual de nossas Tradições, lembrando-nos sempre da necessidade de colocar os princípios acima das personalidades.

SETE LEMAS DE N/A

1º FAZER PRIMEIRO AS COISAS PRIMEIRAS

... Muitas vezes, são tantas as coisas que temos para fazer que não sabemos nem por onde começar. É bem possível que tentemos fazer tudo ao mesmo tempo, atabalhoadamente. Ficamos então atordoados e confusos, podendo mesmo deixar-nos envolver pelo desânimo e pela frustração. Contudo, se procurarmos ter calma e examinarmos cuidadosamente, veremos que, de acordo com as circunstâncias, haverá sempre uma coisa que deverá ser feita em primeiro lugar, num dado momento, seja pela importância de que se reveste ou pela urgência requerida. Essa é a coisa primeira. As demais, é claro, deverão aguardar a sua vez, segundo a ordem de importância ou de urgência em que devem ser realizadas...

2º DEVAGAR SE VAI AO LONGE

...Precisamos tomar cuidado com a tendência neurótica de exigirmos resultados imediatos em tudo que fazemos. O apressamento poderá resultar em tensões e frustrações, e isso é precisamente o que devemos evitar....

3º VIVER E DEIXAR VIVER

...A intromissão na vida dos outros, aos quais muitos de nós procuramos impor, embora às vezes de forma inconsciente, a maneira pela qual achamos que devam agir, é mais uma das manifestações da natureza egocêntrica e prepotente do neurótico. Esquecemo-nos facilmente de que nossos semelhantes também têm, como nós, o direito de decidir de sua própria vida . Igualmente nos esquecemos de que, por mais que queiramos, não conseguiremos modificar o modo de proceder de uma pessoa, a não ser que ela mesma o deseje e decida fazer...

4º VIVER NA GRAÇA DE DEUS

...Afastados da graça de Deus, tornamo-nos presas fáceis do descontrole emocional. Sabemos por experiência própria, que nada podemos contra as emoções quando nos valemos apenas da nossa precária “força de vontade”. Somente quando nos entregamos de verdade aos cuidados de um Poder Superior a nós mesmos, ou Deus como cada um de nós O concebe, é que começamos a sentir que podemos recuperar-nos. O que antes parecia impossível torna-se, então, perfeitamente realizável...

5º ESQUECER OS PREJUÍZOS

...Este lema sugere que deixemos de ficar rememorando os prejuízos que possamos ter tido, entre os quais, naturalmente estarão os que foram causados pela nossa neurose, pois esse é um procedimento doentio que por certo nos acarretará mais prejuízo ainda. Trazer de volta à memória os prejuízos é o mesmo que sofrê-los novamente...

6º RECOMENDAR-SE A DEUS INCONDICIONALMENTE

... Se tivermos admitido nossa impotência perante as emoções e passado a crer num Poder Superior a nós mesmos, capaz de reconduzir-nos à sanidade (Primeiro e Segundo Passos), nada mais lógico do que nos entregarmos sem restrições a esse Poder Superior, ou Deus segundo a concepção de cada um, conforme é sugerido no Terceiro Passo....

7º SÓ POR HOJE

...Este Lema sugere que, ao invés de tomarmos decisões para a vida toda, limitemo-nos a fazer propósitos por um dia apenas, justamente o dia que estamos sempre vivendo: o dia de hoje. O de ontem já vivemos quando ele era hoje, e o de amanhã, quando chegar, será hoje, novamente. Se aplicarmos o que é sugerido, estaremos, por assim dizer, cortando a vida em “pedacinhos mastigáveis”, o que irá tornar bem mais fácil nossa...

Entre em contato conosco:

Funcionamento - Segundas, Quartas e sextas - 11:00 às 16:00 h

ENAERJ - Neuróticos Anônimos - Escritório Regional do Estado do Rio de Janeiro

Rua Mayrink Veiga, 32 - Sala 404 - Centro

20090-050 - Rio de Janeiro - RJ

Caixa Postal 21242

Telefones: (21)2233-0220 | (21)2233-6053

E-mail: enaerj@enaerj.org.br